sexta-feira, 23 de julho de 2010

(Minhas) Borboletas



"E as borboletas também são minhas!
E meu coração de borboleta também é de todos!
E então somos todos borboletas..."

Belo pequeno inseto, talvez o mais adequado para explicar as pessoas. Por mais que todos achem que nascem prontos, digo-vos....és uma borboleta, talvez uma crisálida e ainda uma lagarta.

O ciclo de sua vida é a mudança.

Não importa que passou a maior parte da vida se entupindo de folhas, fugindo e se escondendo de grandes animais, deixando-se levar pela maioria, envolvendo-se com aquele emaranhado que era ela e também não era.

Tudo muda, basta saber disso, isso encaminha a todas e a cada uma. Por que é simples assim, um dia se resolve, algo vindo de dentro pede que se envolva em seus próprios pensamentos, que se isole da tempestuosa vida lá fora e se prepare.

Que por mais feia que tenha sido, a beleza que existe dentro dela se faz presente. Mas só após o encontro consigo mesma, com a descoberta da beleza em pura essência é que ela se joga ao mundo novamente. Pois daí ela existe, passa a ser quem realmente é, pois se encontrou e transforma-se em tudo aquilo.....Das mais variadas nuances, dos mais leves planares. Ela se descobriu e emergiu da crisálida para ganhar a liberdade.
A liberdade que é encontrar-se.... de ser quem realmente é sem se importar com as folhas, os inimigos e os olhares, que a partir daí, hão de estar prontos para admira-la, encher seus olhos com extravagante beleza.

Porque é isso a vida de uma borboleta. Mudança...

"És uma crisálida.
Venha pequena pupa,
Abra-se e conheça o sol
Ele brilha mais pelos seus olhos"


- Ainda tô com raiva do André (O Parasita), porque ele escreveu sobre as borboletas antes que eu. O texto dele ficou divino, num consegui passar perto. Mas eu tentei e gostei do resultado. -

3 comentários:

Júlia Antoniol disse...

Oi, aceita parceria? bjs
http://coisasdo-bau.blogspot.com/

O Parasita disse...

Magnífico. As pessoas precisam de mensagens positivas. Chega de incitações as coisas destrutivas. Precisamos crescer, mudar, nos libertar desse sistema maldito! Nós somos quem nós nos mostramos aos outros. Não somos apenas aquilo que queremos ou imaginamos ser. Até a próxima!

Nell disse...

é .. auto conhecimento, aceitação .
a partir do momento que nos aceitamos como somos, e somos felizes assim, as pessoas começam a nos ver com outros olhos.

também gostaria de dizer que seu modo de escrever me encanta e agradecê-lo por tão doce e lindo texto (=