quarta-feira, 14 de julho de 2010

Bored



Por que a paz é assim tão calma?

Dias se passam e continua a mesma coisa, se não igual ao menos semelhante. Será dessa forma ou isso só vale para os meus olhos?

É como se estivesse pairando sobre um lago sem ondulações, um silêncio deslumbrante onde poderia ouvir apenas minhas voz, só que ela não quer falar!

É um marasmo, um mar calmo, um dia sem brisas......parado....
Sei que deveria ser belo, magnânimo, muitos a almejam, mas é estranho.....é adequado demais!

Aqui está assim, um campo verdejante sem brisas, calmo, em silêncio....em paz....
Só imagino que seja aquela que antecede a tempestade.....e espero....que seja de estonteante barulho ainda que seja blasfemo em pedir!!

2 comentários:

Helena disse...

Prefiro a tempestade à calmaria =)

Beijo.

Gabby Paiva disse...

A paz é necessária sim, mas ela sozinha cansa e desgasta. Precisamos do barulho, de dúvidas, de vida, cor, graça, riso.
Que o braulho se faça presente.

ps: até que enfim trablhou e fez um belo texto, hein? (:

beijos.