sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Blogagem Coletiva:Como se diz eu te amo?


Como dizer eu te amo!

É incrível como é difícil escrever sobre esse assunto. Talvez só se equipare em como é difícil dizer essas palavras. Há uma grande história debaixo dessas três palavras, imagino-as como um grande tapete onde se escondem as belíssimas cenas de filmes que nos mostram, cenas perfeitas onde um amor se encontra e os dois podem dizer que compartilham de um mesmo sentimento. Vejo as histórias de princesas que apenas esperam pelos seus príncipes perfeitos que as livrarão de todo o mal. E esse tapete se esconde em nossos porões. Muitos de nós temos medo de abrir a grande sala e deixar que as histórias nos inspirem, outros muitos acham que as histórias vão ser reais, e ainda muitos outros que se tornam histórias.

Hoje eu me pergunto como dizer tais palavras, se preciso verbalizá-las, se preciso desenhá-las em um grande muro. Talvez sim. Mas simplesmente não sei, não sei se terei coragem de abrir o porão, não sei se meu coração está pronto para o impacto. Porque antes de dizer “Eu te amo” a alguém é necessário que diga a você mesmo, é necessário que diga ao mundo inteiro para só então você abrir mão de tudo para um novo pequeno mundo que é a pessoa para qual você entregou essas três pequenas palavras. Não há uma receita como sempre, acho que a única dica para que aconteça é que sinta a chama brotar de seu coração, como uma vontade que sobe pelo corpo e necessita se exteriorizar em grandes pequenas palavras “EU TE AMO”.


Minha primeira blogagem coletiva! xD...Espero que o texto esteja bom. Essa foi uma proposta dos blogs Diário de uma psicóloga e Acolhendo com amor. Achei muito instigante o tema. Boa proposta! Espero participar de mais

15 comentários:

Suziley disse...

Oi, Jeff:
Bela participação. Gostei da sinceridade de suas palavras, do seu texto. Que você ame com todo o seu coração. Um bom dia, grande abraço :)

Eu, Damaris, para mim... disse...

Jeff o texto esta mto bom, parabéns!

Sabe quando acho que é o momento certo de dizer eu te amo? A gente sente. E qdo sente não tem duvidas...Serio.
Qdo for com vc,vai saber. Porque qdo amamos não resta nenhuma duvida, e a vontade de amar supera qq medo...Foi assim comigo!

Abraço.

Cantinho She disse...

Ei querida, prazer! Também estou na blogagem coletiva e vim te ler... Adorei a sua participação, mas tudo tem a sua hora certa de acontecer, só é preciso que estejamos abertos para as coisas entrarem em nossa vida, e o amor, às vezes, é sim sinônimo de sofrimento, mas na grande maioria das vezes ele vale muito a pena, nem que seja enquanto dure... Ou quem sabe para sempre?! ;)
Beijo, beijo!
She

PS: Adorei aqui, estou te seguindo e voltarei mais vezes... Bjks!

Misturação - Ana Karla disse...

Se está bom? Está ótimo!!!
Principalmente quando dizes que primeiro temos que nos amar.

Jeff estou encantada com seu texto e acabas de ganhar mais uma seguidora.

Muito intrigante seu perfil.

Xeros

Yasmine Lemos disse...

Oi Jeff! obrigada pela visita...que texto hein?! show de bola.
ainda com medo de pisar forte nas estradas do amor?:!rss mas viver tem seu preço,sou completamente apaixonada pela vida ,já tive decepções e sigo em frente.
adorei seu blog
ja sou sua seguidora
bjs

Marli Borges disse...

Oi Jeff
Texto muiiito bom! Show de bola.
Fique certo de uma coisa, nada acontece enquanto a hora não chega. É assim também com o amor. Mas temos que estar antenados e receptivos em full time, pra não marcar bobeira e depois se arrepender.

Então tu gostas de RPG? Uau. Só podia, pra ter um texto com essa fluência, (em que pese o talento indiscutível), tinha que ter um background. Bingo!!! Muito legal. Qual a linha que segues? Desenhas também? Ah, quero ler uma história!!! Adoro as ações. (Ouvi dizer que a vida é igual a antes e depois do RPG, será mesmo? Rsrs, é possível, rsrs) Bjssssssss

Ângela disse...

JEFF, PRIMEIRO OBRIGADA PELA VISITA E PELO COMENTÁRIO. JÁ ESTOU NA LISTA DE SEUS SEGUIDORES.
Algum dia desses você abrirá seu porão e lá estarão instaladores os pilares, a base de toda sua edificação, não se preocupes, acontecerá sem você perceber.
Parabéns pelo lindo texto.
beijos com carinho

Teresa Cristina disse...

Oi Jeff, é preciso coragem para amar, abrir o porão e correr os riscos. Seu texto ficou autêntico, sincero. Dentre os posts que li, vc foi o único a nos lembrar da importância do amor-próprio, esse tem que ser o primeiro para conseguirmos amar o outro. Bela estréia nas blogagens coletivas, participe sempre que quiser. Amanhã farei o sorteio do livro. Bjussss

orvalho do ceu disse...

Olá, minha flor
"E esse tapete se esconde em nossos porões"...
Gostei muito dessa frase...
Natal: Tempo de faxina na alma e revisão do nosso porão interior...
Seja feliz e abençoada!!!
Recebe meu abraço com apreço.

Míriam Luiza disse...

Nossa! Lindo e sincero! Você diz coisas profundas brincando com as palavras! Abraços! E obrigada pela visita!

diariodumapsi disse...

Ei Jeff,
Seu texto está ótimo... e REAL!
"Não sei se meu coração está pronto para o impacto."
Bela participação.
Muito obrigado por aderir á proposta.
Gd beijo

Noe* disse...

É tão bom ver o olhar de cada um sobre o amor :)
Adorei o texto ;)
Bjs =**

lolipop disse...

Gostei do seu texto...vc escreve muito bem. Parabéns!
Lamento que tenha ficado decepcionada com o meu...mas nos caminhos do amor,ás vezes não somos felizes para sempre.
BEIJOS

Leila Brasil disse...

Jeff , descobri você e o seu blog a partir da experiencia da blogagem . Um presente!
Eu gostei muito do que você escreveu . Como diria carinhosa e verdadeiramente um grande amigo meu: -"serinho, serinho".
Penso que a vivência de amar requer mesmo que antes e previamente se tenha amor por si mesmo reconhecendo como é grandioso e vitalizante esse sentimento que desprende a gente da gente mesmo e se entrega para o outro sem perder nada de seu , pelo contrário, nada subtrai e sim complementa . Como pode?

Obrigada

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Oi!
Que interessante seu texto na blogagem coletiva. Me desculpe vir tão tardiamente, tive uns contratempos.
Por isso seu texto está muito bom, vc curte RPG hehehe.

nem sempre precisamos verbalizar um sentimento né? ações muitas vezes são bem mais profundas que as três palavras mágicas.
abraços