segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Estrelas ensinam....

Aqueles belos pontinhos luminosos no céu.

Resolvi começar o ano escrevendo sobre elas, as estrelas. As lampadazinhas que iluminam a noite na falta do grande holofote do céu noturno. Um outro dia, poucos dias após o ano novo a luz da minha cidade acabou, a chuva que trouxe tantas tragédias para algumas pessoas passou aqui apenas como um motivo para que a houvesse falta de luz. No início todos ficaram bravos a falta de luz sempre interrompe atividades que a gente tem costume de fazer, tipo: ver TV, mexer no computador,jogar vídeo-game. Ninguém gosta de ser interrompido por isso, eu também não. Mas...algo sempre leva a gente em busca da luz. A janela estava aberta, e lá fora estava mais claro que dentro de casa. Fui em direção a janela, ainda xingava, claro, como a a chuva ousava acabar com minha diversão? Assim que me vi diante daquela imensidão negra sendo quebrada pela luz das estrelas não tive mais vontade de xingar. Era tão lindo, tão chamativo, mágico eu poderia dizer...o efeito sobre mim foi quase que hipnótico.
Sentei na varanda, meus olhos se encheram com a beleza da vastidão de tamanhos das estrelas. Umas brilhando mais, outras brilhando menos, mas todas se completando, cada uma com seu brilho interior ajudando a clarear as trevas. Me senti tão pequeno e tão ridículo, porque quantas estrelas já sumiram do céu antes que a luz acabasse? Quantas delas eu não tive tempo para apreciar? E ainda mais, quantas delas passaram sem que meu olhar percebesse por que a luz artificial estava forte demais para que eu simplesmente olhasse para o céu e visse?

Eu poderia fazer uma analogia com a nossa vida, com as pessoas de nossas vidas, mas não vou. Eu realmente aprendi algo quando refleti sobre isso, só não sei se irei aplicar, então deixarei para reflexão. Não estou querendo ser presunçoso em dizer que meu texto serve para isso. Mas gostaria de compartilhar algo de especial que aconteceu. Tenham um 2010 mágico.

Um comentário:

Neverland disse...

Mas então, deixamos as coisas simples e belíssimas da vida passarem despercebidas milhares de vezes. Mas como um dos erros do ser humano, fazemos isso todos os dias, mesmo sabendo que não deviamos.
o_O quando vamos aprender a observar melhor as coisas?
Uhsuhauhsauhsuha uma das perguntas que nunca teremos resposta.
Lindo o texto Jeffinho.
Adoro-o muito.
E um maravilhoso 2010 pra vc tb.

=***